Foto: Reprodução/Twitter

Ouça essa matéria na integra

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro iniciaram uma campanha na internet, contra os protestos convocados para quinta-feira (30),  em defesa da Educação ‘#DiaMeuFilhoNaoVai’.  As manifestações foram convocadas pela  União Nacional dos Estudantes (UNE) e União Brasileira dos Secundaristas (Ubes), as duas maiores organizações representantes de alunos do País.

Às vésperas do ato marcado para esta quinta-feira (30), internautas pró-governo se mobilizam nas redes sociais contra paralisação estudantil.

“Não deixe seu filho ser massa de manobra de esquerdopatas”, escreve um internauta.

As entidades destacam que protestos são uma resposta à decisão do ministro da Educação, Abraham Weintraub, que reduziu o orçamento das universidades federais, bloqueou recursos para ações e programas da área e cortou bolsas de pesquisa.