Foto: reprodução

Ouça essa matéria na integra

Gleisi Hoffmann, a presidente nacional e deputada pelo PT, afirmou, em entrevista publicada na manhã desta sexta-feira (9), que o presidente Jair Bolsonaro é um “bandido” e defendeu a candidatura do ex-presidente Lula, que está preso em Curitiba, para as eleições de 2022.

“O Bolsonaro é um ser folclórico. Esses dias fiz uma afirmação pesada, mas acho que é isso mesmo: é um bandido na Presidência da República, que flerta com milícias, com o ilícito, com o autoritarismo, capaz de se dizer cúmplice de um assassinato, de um desaparecimento político no Brasil. Durante esses sete meses, não teve uma proposta sequer para tirar o povo da crise. Nós não temos uma política de empregos no país, uma política de renda, de renegociação da dívida”, afirmou a petista.

Questionada sobre um cenário para as eleições presidenciais de 2022, Gleisi disse: “Nós temos a figura do Lula, e apostamos muito que o Lula saia da prisão, porque é injusta e ilegal. O Lula é uma grande liderança do partido, e tendo condições de disputar, não teria dúvidas de que o PT disputaria com ele.”