Ouça essa matéria na integra

O senador Major Olímpio (SP), desafeto de Alexandre Frota dentro do PSL, disse, nesta terça-feira (13), que a prioridade após a expulsão do deputado deve ser a reorganização da legenda em São Paulo.

“Que Deus o guarde e esqueça onde. Tomara que seja feliz na próxima legenda”, disse o senador sobre Frota, ressaltando que a expulsão foi decisão unânime dos nove membros da Executiva Nacional do PSL.

“Ali [a expulsão] foi pelo conjunto da obra”, disse Olímpio, a quem Frota acusou de ser “um ratinho atrás de [Jair] Bolsonaro”.

Por fim, o senador afirmou que as críticas ao governo vão contra o Código de Ético do partido. “Foram manifestações que feriram o Código de Ética e o estatuto do partido. Agressões contra o partido, componentes do partido e o próprio presidente da República, que é o líder maior do PSL.”