sábado, 10 de abril de 2021

Rede de apoio a profissionais do sexo arrecadou meio milhão de reais para auxiliar vítimas da pandemia

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

A Central Única de Trabalhadoras e Trabalhadores Sexuais (CUTS) mobilizou empresários, organizações não governamentais (ONGs) e voluntários em nove estados do Brasil e até na Europa, para garantir alimento e proteção a esse público. A informação é do site Metrópoles.

Segundo o veículo, a organização reúne nove associações e dois coletivos representantes dessas profissionais. Desde março, quando se começaram as restrições para conter a pandemia do coronavírus no Brasil, eles organizaram lives, campanhas em redes sociais, vaquinhas e buscaram suporte financeiro fora do Brasil. Como resultado da mobilização, foram arrecadados cerca de R$ 500 mil, que passaram pela conta da CUTS e foram destinados a essas mulheres e suas famílias.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

Ainda segundo o site, a maior parte do recurso foi doada em euros pela RedTrasex, uma associação internacional de apoio a trabalhadoras do sexo à qual a CUTS é filiada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Últimos artigos