quarta-feira, 21 de abril de 2021

Manaus exonera 7 médicos investigados por furar fila de vacina

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Nessa sexta-feira (12), sete dos dez médicos citados em investigação do Ministério Público do Amazonas sobre “fura-filas” na vacinação contra a Covid-19 em Manaus foram exonerados pela Prefeitura.

Entre os nomes, estão das gêmeas Isabelle e Gabrielle Kirk Maddy Lins. As duas receberam a primeira dose da vacina no dia 19 de janeiro – mesmo dia em que uma delas foi contratada. A outra foi efetivada no cargo dia 18, um dia antes. A família das médicas é dona de hospitais e universidades particulares em Manaus (Nilton Lins) , entre outros negócios. Além das duas, a lista de investigados traz, ainda, os nomes de outros oito médicos, dentre eles, o filho do suplente de deputado estadual Wanderley Dallas, David Louis Dallas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

Decreto com exonerações da Secretaria de Saúde foi publicado no Diário Oficial. Cargos eram de gerentes de projetos.

A Procuradoria da República no Amazonas cobrou, na Justiça, que a prefeitura fosse obrigada a prestar informações diárias sobre as pessoas vacinas. Na época, o órgão notificou duas jovens médicas a prestarem esclarecimentos por terem recebido o imunizante.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos