Foto: Reuters

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, avaliou nesta terça-feira que o Brasil lançou um pacote vultoso de medidas para combater os efeitos da disseminação do novo coronavírus e que os recursos vão chegar rápido a empresas e famílias.

Em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, Campos Neto também fez um apelo para que todos cumpram contratos em meio à crise, ressaltando que quando isso não acontece a recuperação econômica é “muito mais lenta e dolorosa”.

“Sei que existe ansiedade muito grande de todos para que recurso chegue rápido na ponta, mas gostaria de dizer que, se a gente comparar o Brasil com o resto do mundo, nós fomos rápidos, eficientes e grandes”, afirmou ele.

Nesse sentido, ele destacou que os recursos do Tesouro deverão ser transferidos hoje para o BNDES para operacionalização nesta semana do programa de financiamento à folha de pagamento de pequenas e médias empresas.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram