Imagem: Divulgação

Ouça essa matéria na integra

Uma Idosa de 61 anos, primeiro caso de Covid-19 em Rio Verde, no sudoeste Goiás recebeu alta neste domingo (22) após ser curada, informou G1.

Em entrevista ao G1, a Secretaria de Saúde de Rio Verde Eduardo Ribeiro,, disse neste domingo (22), que uma paciente que foi infectada pelo coronavírus está curada. Segundo o órgão, trata-se de uma médica, que foi o primeiro registro confirmado de Covid-19 na cidade – e um dos três pioneiros do estado – após viagem para a Europa.

De acordo Eduardo Ribeiro, a idosa, apresentou febre logo após retornar de viagem, mas em momento algum precisou ficar internada em alguma unidade de saúde. Desde então, ela passava por quarentena domiciliar e era acompanhada pelo setor de Vigilância Epidemiológica.

“Ela já é tida como uma paciente curada, livre do coronavírus. O risco é zero”, disse Ribeiro ao G1.

 Agora o Brasil segue com 5 pessoas curadas pelos COVID-19.

Na sexta-feira, a Secretaria Estadual de Saúde já havia anunciado a cura de uma mulher de 66 anos, no Recife. Ela e o marido, de 71 anos, tiveram os dois primeiros testes confirmados no estado

Os dois novos casos de recuperação, segundo o estado, são de uma adolescente de 16 anos, que foi diagnosticada com a doença após retornar de uma viagem aos Estados Unidos, e uma mulher de 30 anos, sem histórico de viagem. As duas são do Recife e estavam em isolamento domiciliar.

No dia 13 de março, o infectologista e coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus no Estado de São Paulo, David Uip, informou que o primeiro paciente no Brasil infectado com o coronavírus foi curado.

Segundo ele, o homem, de 61 anos, diagnosticado no dia 25 de fevereiro pelo Hospital Albert Einstein, não apresenta mais o vírus. A constatação foi realizada pelo laboratório da unidade privada de saúde.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram