Foto: Manual Do Usuário

‘Entregadores AntiFascistas’ de aplicativo fazem greve nesta quarta-feira (01), para cobra “melhores condições de trabalho”. A paralisação deve contar com entregadores de delivery, como Rappi, iFood, UberEats, Loggi e James.

“Tem entregador que pedala, pedala, pedala o dia inteiro. O cara está tão preocupado em sobreviver, que quando chega 23h ele esquece que tem que voltar pra casa. Sabe o que ele faz? Ele dorme na rua porque não aguenta pedalar 30 km pra voltar pra casa!”, afirmou Paulo Lima, o Galo, líder dos Entregadores AntiFacistas em entrevista ao UOL.

Eles querem aumento do valor por km, um “auxílio-pandemia”, seguro de roubo e acidente, fim da pontuação e restrição de local pela Rappi, fim dos bloqueios por meio dos aplicativos, aumento do valor mínimo de entrega.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram