Ouça essa matéria na integra

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes disse, de acordo com informações do jornal “Folha de S. Paulo desta terça-feira (21), que entende que a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o  jornalista americano Glenn Greenwald fere sua liminar que proibiu o americano de ser responsabilizado pelas mensagens da Vaza Jato.

Segundo a coluna Painel, que é da versão online do jornal, o entendimento do ministro é que o oferecimento da denúncia é um ato que visa à responsabilização.