O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, participa de reunião na Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, para falar sobre o pacote anticrime e da atuação do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O ministro da Justiça, Sergio moro, cobrou nesta quinta-feira (12), a autorresponsabilidade para o enfrentamento do coronavírus, Moro destacou que os pacientes com suspeita podem vir a ter quarentena e isolamento de forma compulsória.

De acordo com o ministro as medidas têm previsão legal e em sua avaliação o direito coletivo prevalece ao individual diante da gravidade do caso.

Em seu Twitter, Moro também declarou que ” a saúde pública é a lei suprema”

 

Siga a Gazeta Brasil no Instagram