Ouça essa matéria na integra

 O Ministério da Saúde declarou nesta quinta-feira (26) que não vê nenhum problema em liberar o acesso desses espaços para as pessoas.

“Não é recomendação do Ministério da Saúde que pessoas não possam andar no parque. Por que as pessoas ficarão socadas no apartamento, se podem caminhar no parque?”, disse o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis.

“Não vemos nenhum sentido na proibição de que as pessoas não possam andar na quadra, no parque. Isso vai fazer bem para as pessoas. É importante fazer uma caminhada de 30 minutos. Vai fazer bem para a pessoa, seu estado físico e seu emocional. Só evitem situações de aglomeração”, comentou Gabbardo. “As pessoas podem ir rezar, mas não devem participar de cultos. Essas são as orientações que o Ministério da Saúde dá.”

Gabardo defendeu a abartura das igregas

“Nós não recomendamos o fechamento das igrejas, o que nós recomendamos sim é que não se faça aglomeração. Recomendamos que padres e pastores realizem (celebrações) de preferência usando as redes sociais, usando a internet, sem a presença física”, disse.

 

Siga a Gazeta Brasil no Instagram