CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na tarde desta sexta-feira (2), uma operação da Polícia Federal em parceira com a Receita Federal apreendeu um carregamento de 1,5 tonelada de cocaína no porto de São Sebastião, interior de São Paulo. De acordo com a Polícia Federal, o navio com bandeira de Antigua e Barbuda tem tripulação russa e tinha como destino Cadiz, na Espanha.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A droga estava escondido no navio Unispirit, de bandeira Antígua e Barbuda, com tripulação russa, no meio da carga de milho, e tinha como destino a cidade portuária de Cadiz, no sudoeste da Espanha.

A operação foi feita a partir de uma inspeção de rotina que encontrou um tijolo da droga dentro de um saco no navio.

A empresa exportadora do milho é brasileira, mas não teve o nome revelado.  Não há informação sobre presos.

O entorpecente apreendido foi levado à sede da PF em São Paulo para destruição e um inquérito policial será instaurado para investigar os envolvidos no tráfico internacional de drogas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE