segunda-feira, 17 de maio de 2021

Em 4 meses, SP tem mais casos de dengue em 2021 que 2020 inteiro

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

A cidade de São Paulo (SP) já teve, nos quatro primeiros meses de 2021, mais casos de dengue do que em todo o ano passado.

Até o último boletim da prefeitura paulistana, divulgado em 20 de abril, foram 2.200 casos, enquanto 2020 teve 2015 registros da doença causada pelo mosquito Aedes aegypti.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

O alto número de casos este ano pode ser explicado por duas razões principais, segundo Maurício Nogueira, virologista e ex-presidente da SBV (Sociedade Brasileira de Virologia).

A primeira razão é que, segundo Nogueira, a dengue se dá de forma “extremamente sazonal”. A maioria dos casos se concentra de dezembro a junho. “Isso se relaciona ao período de chuvas no país, portanto de maior incidência de mosquitos”, comenta. Portanto, se comparados somente os quatro primeiros meses dos dois anos, o aumento também foi significativo: de 1.657 em 2020 a 2.200 em 2021 (sem os registros dos últimos dez dias), uma alta de 32,7%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

A outra razão, ele explica, seria o surgimento de uma variante do vírus da dengue, que surgiu em 2018 e atingiu o interior paulista e a região Centro-Oeste do Brasil. Um ano depois da descoberta da nova cepa, o número de casos disparou. Foram 586 em 2018 e 16.966 em 2019.

Após a explosão de casos em 2019, o número despencou em 2020. Mas por quê?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 4

Segundo o virologista, os índices de isolamento social mais altos no início da pandemia de covid-19 ajudaram a impedir a proliferação da doença. O vírus não se espalhou porque a circulação diminuiu.

Porém, com os deslocamentos dos paulistanos registrados entre as festas de fim do ano e o carnaval de 2021 e a consequente exposição das pessoas a novos focos do mosquito, os casos voltaram a ter alta.

É por essa razão que, à medida que a pandemia for superada e as pessoas voltarem a se dispersar, os casos devem subir ainda mais. “Nos próximos dois anos, entre 2022 e 2023, essa variante deve atingir o Brasil inteiro”, aponta Nogueira.

Relação dos casos de dengue entre 2017 e 2021 na cidade de São Paulo

Relação dos casos de dengue entre 2017 e 2021 na cidade de São Paulo

Bairros com mais casos

Os bairros de São Paulo com maior número de casos de dengue em 2021 se espalham pelas regiões leste, sul e norte da capital: Cachoeirinha, com 137, é o local com mais registros, seguido por Cidade Tiradentes (105), Jardim São Luiz (100), Cidade Líder (96) e Brasilândia (76).

Quando considerada a incidência por 100 mil habitantes, o distrito que ocupa o topo da lista é a Barra Funda, que, mesmo com 18 casos, possui coeficiente de 110,1. Os seguintes são Cachoeirinha (93,3), Cambuci (53), Raposo Tavares (48,2) e Jaçanã (46,8).

Confira a relação completa dos casos de dengue em SP por ano e por bairro

*Com informações de R7
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos