Ouça essa matéria na integra

São Paulo completa 466 anos neste sábado (25) e a comemoração será espalhada pelas cinco regiões da cidade com mais de 300 atividades, como cinema, dança, teatro e circo, em cerca de 150 pontos nas ruas e equipamentos culturais.  

O cortejo segue para o Largo São Bento, às 14h, com nomes como Karol Conka e Rashid. Na Rua Líbero Badaró, Marcelo Airoldi e Rosi Campos interpretam Di Cavalcanti e Tarsila do Amaral. A artista plástica, aliás, é a inspiração para a coreografia Tarsila, do Balé da Cidade, às 15h, na Praça do Patriarca. No mesmo horário, o grupo Demônios da Garoa toca clássicos do samba paulistano a partir da sacada do Edifício Sampaio Moreira.

No Teatro Municipal, às 16h30, o ator Marcos Palmeira interpreta Heitor Villa-Lobos e João Carlos Martins rege a Orquestra Sinfônica Municipal.

Depois, com o bloco Pagu, o cortejo segue para o Largo Paiçandu, onde, às 18h, a atriz e cantora Zezé Motta fala sobre a memória do povo negro, ao som do bloco afro Ilú Obá de Min. Na sequência, às 19h, Skank toca em frente à Galeria do Rock. E, às 20h, na esquina entre as avenidas São João e Ipiranga, Ney Matogrosso faz show acústico ao lado do pianista Leandro Braga. Por fim, às 21h, o Bloco Baixo Augusta percorre a Ipiranga. Confira, abaixo, outras boas atrações.

PROGRAMAÇÃO OFICIAL

Paula Lima
A cantora, dona de sucessos como ‘Meu Guarda-chuva’, encerra a festa no palco da zona oeste da cidade. Casa de Cultura do Butantã. Av. Junta Mizumoto, 13, Peri Peri, 3742-6218. Sáb. (25), 18h. Grátis.

Emicida
Depois de lotar o Teatro Municipal no ano passado, ele se apresenta no Palco Praça Brasil, em Itaquera. O artista interpreta canções do álbum ‘AmarElo’, de 2019. A faixa-título, que tem um sample da música ‘Sujeito de Sorte’, de Belchior, foi gravada com Pablo Vittar e Majur. Av. Nagib Farah Maluf, s/nº, Conj. Res. José Bonifácio, Itaquera. Sáb. (25), 20h. Grátis.

Marcelo Jeneci
O artista faz show com músicas do disco ‘Guaia’ – homenagem a Guaianases, bairro onde nasceu –, que tem parcerias com Chico César (‘Oxente’) e Arnaldo Antunes (‘Aí Sim’). Tendal da Lapa. R. Guaicurus, 1.100, Água Branca. Sáb. (25), 19h. Grátis.

Um cortejo com dez horas de duração reúne apresentações de música, teatro, circo e dança, que começam no Pateo do Collegio e terminam na Praça da República.

  • 12h: Pateo do Collegio – Abertura do espetáculo com José Rubens Chachá como Oswald de Andrade e Pascoal da Conceição como Mário de Andrade anunciando o Grande Cortejo Modernista.
  • Pateo do Collegio – Apresentação do Coral Paulistano com o Coral Guarani Amba Vera;
  • 13h: Pateo do Collegio – Início do cortejo com Elba Ramalho e banda Bixiga 70;
  • 14h: Largo São Bento: no berço do Hip hop, show com Karol Conka, Rashid, bboys, bgirls e DJs;

Líbero Badaró: intervenções aéreas com dançarinos , performers e os personagens Di Cavalcanti (Marcelo Airoldi) e Tarsila do Amaral (Rosi campos) dialogam das sacadas de Prédios Históricos;

Edifício Sampaio Moreira: os personagens Mário de Andrade (Pascoal da Conceição) e Anita Malfatti (Virgínia Cavendish) celebram os 45 anos de criação da SMC e sobre a primeira exposição de Anita.

  • 15h – Praça do Patriarca: O Balé da Cidade apresenta coreografias inspiradas na obra da artista plástica Tarsila do Amaral, ao som da banda aérea da Cia-K Aerogroove.

Rosi Campos como Tarsila do Amaral apresenta os bonecos gigantes da Cia. PiA FraUs, inspirados em obras do modernismo brasileiro. Demônios da Garoa na sacada do edifício Sampaio Moreira

  • 16h30 : Sacadas do Theatro Municipal – os modernistas encontram com Marcos Palmeira que interpreta o Maestro Heitor Villa-Lobos para anunciar as comemorações do centenário da Semana de Arte Moderna de 22.

Villa-Lobos e João Carlos Martins regem a Orquestra Sinfônica Municipal, com os musicistas usando chinelos, em alusão ao ocorrido na Semana de 22;

Do saguão do Theatro Municipal surge o Bloco Pagu, composto por 100 mulheres homenageando a escritora e jornalista Patricia Galvão, um dos ícones de Modernismo. Ao som do Bloco, o cortejo segue até o Largo do Paissandu.

 

Com G1