Vista aerea da cidade de Sao Paulo, rio Tiete, predios, Sao Paulo, cidade

Segundo os dados são da Secretaria Municipal de Saúde de SP, de informações coletadas até 31 de março, a região central e a zona oeste da cidade de São Paulo concentram o maior número de casos confirmados do novo coronavírus. Os bairros centrais e da zona oeste reúnem mais de 70% dos casos confirmados. Os dados foram publicados pelo jornal o Estado de S. Paulo.

Outro detalhe observado é que nos bairros periféricos a incidência de resultados positivos para covid-19 é bem menor. No extremo sul, por exemplo, de Grajaú a Marsilac, passando por Parelheiros, apenas quatro casos foram relatados. Já na zona leste, em sua parte mais distante do centro, são apenas 13 casos dos mais de 680 compilados. A mesma situação se mostra nas bordas da zona norte.

O mapa dos casos de Covid-19 em São Paulo aponta o movimento da doença na cidade, primeiramente nos bairros das classes média e alta, que tiveram contato com a covid-19 em viagens para o exterior. Mas como já está havendo transmissão local do vírus, ele tem se espalhado e a propagação tem sido acelerada e se expandindo para a periferia do município.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram