Reprodução/Record

Apesar da quarentena imposta pelo governador de São Paulo e João Doria e o prefeito Bruno Covas, um grupo marcou um baile funk na noite do sábado (4), que teve cerca de 2 mil confirmações de presença no evento pelas redes sociais.

De acordo com o líder comunitário Darlan Mendes em entrevista ao R7, durante a madrugada, mais de 200 pessoas se reuniu para beber e fumar na praça Padre Nelson José Nigrist, no cruzamento das avenidas Aguiar da Beira e Cipriano Rodrigues, em Sapopemba, zona leste de São Paulo.

Ainda de acordo com reportagem do R7, por volta das 2h, a Polícia Militar esteve no local e utilizou de bombas de gás e balas de borracha para dispersar as pessoas. Contudo, minutos depois da saída da polícia, o grupo voltou para o local. 

Siga a Gazeta Brasil no Instagram