Foto: Governo de SP

O governo de São Paulo decidiu estender a quarentena no estado até o dia 22 de abril. A determinação entra em vigor a partir desta quarta-feira (8).

A decisão segue sem flexibilizações, e foi tomada para conter o avanço do coronavírus no estado.

A determinação seguirá como a anterior, com o fechamento do comércio e mantendo apenas os serviços essenciais, como nas áreas de Saúde e Segurança.

O médico David Uip, chefe do Centro de Contingência em São Paulo no combate ao coronavírus, participou da primeira entrevista coletiva após o período de isolamento por conta da covid-19. Ele se infectou e se manteve afastado das funções desde o dia 23 de março. Uip reassume a coordenação do Centro de Contingência do Coronavírus.

Em coletiva de imprensa, Doria disse sofreu pressão de empresários e comerciantes para flexibilizar as medidas de isolamento social, evitando um estrago maior na economia.

 

Siga a Gazeta Brasil no Instagram