Foto: Marcos Corrêa/PR

Ouça essa matéria na integra

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, comentou sobre o resultado do Pisa em 2018, em que estudantes do Brasil de 15 anos, ficaram entre os piores do mundo em comparação com 79 países. Resultado de avaliação internacional, que ainda não inclui gestão Bolsonaro na Educação, mostra que país segue estagnado entre os piores. 

“Parem de mentir, o resultado do PISA 2018 não é culpa do Bolsonaro. É resultado da educação nos governos do PT”, esbravejou Weintraub. “Comprometo a inflexionar os números do próximo Pisa, o de 2021, assumo total responsabilidade se o número não melhorar”, disse.

Avaliação de Estudantes (Pisa). De acordo com o resultado do teste de 2018, divulgado nesta terça-feira (2), 43% dos participantes brasileiros não aprenderam o mínimo necessário nas três áreas do conhecimento testadas: Leitura, Matemática e Ciências. Neste mesmo quesito, a média dos países que formam a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) é de apenas 13%.