CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Negão da BL

O funkeiro Negão da BL, que ganhou fama na internet por vídeos de humor que publica ao lado da mãe, Gisele Bento, se tornou um dos assuntos mais comentados desta quinta-feira após declaração sobre racismo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Kemilly Cardoso e Glauco Zulo, ambos apresentadores do chamado Coronna Lounge, iniciaram uma debate sobre racismo e desigualdade racial. “Hoje no nosso Brasil a gente tem uma grande parte da população que briga por isso [racismo]”, afirmou Kemilly. Neste momento, ela foi interrompida pelo funkeiro.

“Mas aí brigar e falar bonito é uma coisa, o ‘bagulho’ é a prática. Vocês vão falar ‘eu respeito’, mas vocês são dois brancos brigando com um preto”, disse.

Glauco, então, disparaou: “irmão, todo tiro que mata na favela é da polícia?”. Negão da BL, então, respondeu: “eu não posso dizer que é da polícia ou do bandido. Eu não sei de onde a bala veio”.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE