Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Foto: Divulgação

Ciência e Tecnologia

Declínio na Diversidade Funcional de Tubarões Alcança Níveis Mais Baixos em 10 Milhões de Anos

Antes de diminuir gradualmente nos últimos 10 milhões de anos até seu valor mais baixo nos dias atuais, os tubarões mantiveram altos níveis de diversidade funcional durante a maior parte dos últimos 66 milhões de anos. Uma nova pesquisa da Swansea University e da Universidade de Zurique descobriu que os tubarões modernos estão entre as espécies mais ameaçadas dos oceanos; no entanto, notavelmente sobreviveram a inúmeras mudanças ambientais em seus 250 milhões de anos de história. Hoje, suas mais de 500 espécies desempenham muitos papéis ecológicos diferentes, desde predadores de topo a transportadores de nutrientes. Os papéis ecológicos são determinados por características das espécies, como tamanho do corpo e o que e como elas se alimentam. Como tal, medir a diversidade dessas características permite aos cientistas quantificar a gama de papéis ecológicos em uma comunidade, também conhecida como diversidade funcional.

Como os tubarões possuem esqueletos cartilaginosos macios que têm pouca probabilidade de fossilizar, essas características são difíceis de medir diretamente em espécies extintas. No entanto, medições de seus dentes, que são duros e, portanto, bem preservados no registro fóssil, podem atuar como proxies de características, que por sua vez podem ser usados para quantificar a diversidade funcional no passado geológico. O autor principal, Jack Cooper, estudante de doutorado na Swansea University, disse: “Medições como o tamanho dos dentes, forma e tipos de bordas refletem amplamente as características funcionais de um tubarão, como tamanho do corpo e dieta, permitindo-nos avaliar sua diversidade funcional ao longo do tempo.” Os pesquisadores mediram mais de 9.000 dentes de tubarões fósseis e vivos de cerca de 500 espécies, reunidos de coleções de museus e literatura, e quantificaram a diversidade funcional durante a era Cenozóica, de 66 milhões de anos atrás até os dias atuais.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Eles descobriram que os tubarões mantiveram altos níveis de diversidade funcional — significando uma ampla gama de papéis ecológicos — durante a maior parte da era Cenozóica. Essa diversidade atingiu o pico há cerca de 20 milhões de anos na época do Mioceno. No entanto, eles também descobriram que, após esse pico, a extensão das funções ecológicas dos tubarões vem diminuindo gradualmente nos últimos 10 milhões de anos, com a diversidade funcional dos tubarões nos dias atuais sendo menor do que em qualquer outro ponto dos últimos 66 milhões de anos. Ao quantificar as contribuições ecológicas de espécies individuais, os pesquisadores determinaram que o declínio observado foi impulsionado pela perda de espécies ecologicamente únicas e especializadas. Tais perdas incluíram a extinção do megalodonte, o maior tubarão que já existiu, que era um superpredador de topo, um papel ecológico não desempenhado por nenhum tubarão vivo hoje.

Ele acrescentou: “Não apenas vimos um claro declínio na diversidade funcional, mas também descobrimos que os tubarões extintos como um todo contribuíram com uma gama mais ampla de papéis ecológicos do que os tubarões vivos.” Os resultados alertam, em última análise, que ameaças humanas como a sobrepesca, que está levando os tubarões de hoje à extinção, provavelmente estão erodindo ainda mais as já diminuídas contribuições ecológicas dos tubarões para o funcionamento dos ecossistemas. A autora sênior, Dra. Catalina Pimiento, professora da Universidade de Zurique e professora sênior na Swansea University, disse: “Ao identificar as espécies modernas que ocupam algum espaço funcional do Cenozóico, nosso estudo pode potencialmente complementar as prioridades de conservação para a preservação da diversidade funcional dos tubarões em nosso mundo em mudança.” O estudo foi publicado na Global Ecology and Biogeography.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Últimas Notícias

A aliada do presidente Emmanuel Macron, Yaël Braun-Pivet, foi reeleita nesta quinta-feira (18) como presidente da Assembleia Nacional da França, após conquistar uma margem...

Incêndios na Amazônia Incêndios na Amazônia

Justiça

A Justiça Federal do Amazonas ordenou o bloqueio de bens no valor de R$ 292 milhões pertencentes ao pecuarista Dirceu Kruger, como medida para...

Zé do Taxão Zé do Taxão

Economia

Recentemente, o meme ‘Taxa Humana’, que satiriza o ministro da Fazenda do Brasil Fernando Haddad (PT), foi exibido na Times Square, um dos locais...

Economia

Com a inauguração de 168 novas usinas de geração de energia, o Brasil concluiu o primeiro semestre de 2024 com um acréscimo de 5,7...

Saúde

Cientistas anunciaram nesta quinta-feira (18) o que pode ser o 7º caso de cura do HIV, desta vez envolvendo um homem alemão de 60...

Michelle Bolsonaro Michelle Bolsonaro

Política

A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL) criticou na quarta-feira (17) a declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) repudiando a violência contra a...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Inmet prevê geada para áreas do Rio Grande do Sul e Santa Catarina

Brasil

O tempo seco já está impactando a vida de muitas pessoas. Mas, haverá previsão de chuva para os próximos dias? Como ficará o tempo...

Mega-Sena Mega-Sena

Brasil

O sorteio do concurso 2.750 da Mega-Sena foi realizado na noite desta quinta-feira (18), em São Paulo. Nenhuma aposta acertou as seis dezenas, e...

Brasil

Na tarde desta quinta-feira (18), a Polícia Federal (PF) solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de uma nova investigação sobre o caso...

Isenção taxa inscrição Enem dos Concursos Isenção taxa inscrição Enem dos Concursos

Brasil

Os candidatos inscritos no Concurso Nacional Unificado (CNU) receberão uma folha para anotar as alternativas das provas, que poderá ser levada para casa. A...

Procurador Procurador

Brasil

O procurador da Advocacia-Geral de Minas Gerais (AGE-MG), Bruno Resende Rabello, envolvido em um episódio de agressão no início deste mês, firmou um acordo...

São Paulo

Um homem de 37 anos, conhecido pelo apelido de “Sequestrador”, foi preso em flagrante por tráfico de drogas na última quarta-feira (17) em Praia...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit