Foto: reprodução

Ouça essa matéria na integra

Em manifestação encaminhada neste terça-feira (19) ao Supremo Tribunal Federal (STF), o Procurador-Geral da República (PGR), Augusto Aras, pede que a decisão do presidente da Corte, Dias Toffoli, que proibiu o uso de dados do Coaf em processos seja revogada.

Tofolli atendeu a uma solicitação da defesa do senador Flávio Bolsonaro (RJ) e envolve outros 935 inquéritos pelo país.

Esta foi a primeira vez que Aras se pronuncia sobre a decisão de Toffoli. O STF deve julgar o caso nesta quarta-feira (20).

“A decisão proferida pelo ministro Dias Toffoli no dia 15/07/2018, deve ser revogada, de modo que o julgamento que se aproxima recaia exclusivamente sobre o tema original deste Requerimento Extraordinário (RE)”, disse.