O presidente Jair Bolsonaro disse a parlamentares na manhã deste sábado (4) que não vai escolher o secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, para o Ministério da Educação. “Está fora”, teria dito o chefe do executido a interlocutores. “Não tem ninguém ainda”.

Na conversa, de acordo a CNN Brasil,  Bolsonaro brincou com o fato do nome de um indicado perder força quando sai na imprensa, ainda que favorito, porque passa por um raio-X.

Apesar da lista de cotados, nenhum agradou o suficiente até agora. A escolha ficou para semana que vem.