Ouça essa matéria na integra

Imagens de uma câmera de segurança mostram que o avião ucraniano derrubado por engano pelo Irã no dia 8 de janeiro foi atingido por dois mísseis, disparados com um intervalo de 30 segundos, a partir da mesma base militar no país do Oriente Médio.

Todos os 176 ocupantes do avião morreram. No sábado, após dias afirmando que a queda havia sido acidental, as autoridades iranianas assumiram que seus militares derrubaram sem intenção o voo 752 da Ukranian Airlines, que ia de Teerã para Kiev.

O vídeo foi divulgado pela agência de notícias “Al Arabiya” e, segundo o jornal “The New York Times”, seria verídico.

O presidente iraniano, Hassan Rouhani, chamou o desastre de “erro imperdoável”.

Militares informaram que o avião voava perto de um local sensível e foi derrubado devido a um erro humano. O comunicado lido na TV estatal diz que as partes ​​responsáveis serão punidas.

Assista: