Imagem: Ben Nelms/Reuters

O governo federal vai editar um decreto para zerar, a partir de 2021, a incidência de PIS/Cofins sobre o combustível utilizado em aviões. Apesar de não ser possível retirar a cobrança ainda em 2020, o plano é sinalizar desde já às companhias como será o cenário no próximo ano.

A iniciativa faz parte de um pacote de medidas para reduzir o valor do querosene de aviação e atrair mais empresas do setor e aumentar a competitividade

Em dezembro do ano passado, o Estado revelou que o governo planejava zerar esses impostos.