Foto: divulgação

A equipe econômica negocia a privatização da Eletrobras com o Congresso Nacional, que quer a manutenção do preço da energia elétrica, informa a Revista Oeste.

De acordo com o site, na manhã desta quinta-feira (09), o mercado reagiu bem às tratativas do governo. As ações preferenciais da estatal (que dão preferência no recebimento de dividendos) apresentaram alta de 9,02%. Enquanto isso, as ordinárias (que dão direito a voto em assembleias) subiram 10,46%.

O projeto de repasse prevê que, da receita, um terço será direcionado à conta de luz. O processo será feito através da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE). Contudo, os senadores querem aumentar para 50%. O aumento do aporte na CDE, que é cobrada mensalmente do consumidor, significa um abatimento maior no valor final da fatura.

Em síntese, parlamentares querem evitar o aumento da conta de luz mesmo com a privatização da Eletrobras.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram