Em entrevista ao  JR, o ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu nesta quinta-feira (06), a taxação de lucros e dividendos, que está na sua proposta de reforma tributária.

Essa mudança está na fase 3 da reforma tributária do ministro, que ainda não foi enviada ao Congresso.

“Como pode um trabalhador pagar 27,5% de imposto de renda e um empresário que recebe 100 milhões de reais de lucros e dividendos pagar zero?”, questionou o ministro da economia.

E mais:

“Os críticos dizem: “Ah mais já paga na empresa”. A gente vai baixar o imposto da empresa, se ficar na empresa o imposto será baixo, se ficar para o dono, vai ter que pagar imposto.