paulo-guedes-governo-fara-reforma-tributaria
Foto: divulgação

O ministro da Economia Paulo Guedes confirmou na manhã desta terça-feira (30), à CNN, que o governo vai prorrogar o Auxílio Emergencial em mais duas parcelas de R$ 600 cada. 

O anúncio oficial deve ser feito em cerimônia no Palácio do Planalto prevista para as 16h de hoje, com a presença de Guedes e do presidente Jair Bolsonaro.

O montante de cada nova parcela é o mesmo pago pelo governo nas três parcelas iniciais do benefício. Por esse motivo, não será preciso aprovar uma nova lei no Congresso, apenas bastará um decreto presidencial prorrogando.

Cada nova parcela terá impacto de R$ 50 bilhões nas contas públicas. Pelos cálculos do Tesouro, as duas juntas elevarão o déficit público de 2020 em 1,5 ponto porcentual, para 11,5% do PIB.

Em live, Bolsonaro e Guedes chegaram a anunciar que o Auxílio seria prorrogado em três parcelas decrescentes de R$ 500, R$ 400 e R$ 300.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram