Com a aprovação nesta segunda-feira (03), de 1,150 milhão de novos cadastros, chega a 66,2 milhões o número de brasileiros beneficiados com o Auxílio Emergencial, informou Pedro Guimarães, presidente da Caixa, Pedro Guimarães. Cada um recebe 5 parcelas de R$ 600.

Dos novos beneficiários do Auxílio, 805.000 são novos elegíveis e 345.000 já tinham recebido alguma parcela, mas tiveram pagamentos bloqueados para verificação e agora foram novamente liberados.

Para esses novos cadastrados, a Caixa pretende fazer depósitos a partir do dia 5 deste mês. Serão atendidas, nessa data, 483.000 pessoas nascidas de janeiro a maio. Os demais serão atendidos conforme um cronograma pelo mês de aniversário. O saque em dinheiro será liberado a partir do dia 8, para os nascidos de janeiro a abril.

Questionado sobre a possibilidade de prorrogação do Auxílio Emergencial, o presidente da Caixa afirmou que essa é uma decisão que será tomada pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Ele acrescentou que a Caixa aperfeiçoou os aplicativos e métodos de pagamento do benefício, de modo que não haverá dificuldades operacionais.