O sucessor de Rubem Novaes, o economista André Brandão irá tomar posse do cargo como presidente do Banco do Brasil  nesta terça-feira (22).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Porém, diferentemente das posses cheia de parlamentares e funcionários do governo, esta deve ser diferente, de acordo com a CNN Brasil Brandão deve tomar posse durante um encontro reservado com Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto às 10 horas. Este será o primeiro encontro presencial entre o presidente e o executivo, que residia nos Estados Unidos.

Já o ex-presidente do BB, Rubem se despediu dos funcionários do banco público nesta segunda-feira (21), tanto ele quanto o ministro da Economia, Paulo Guedes, devem acompanhar o novo presidente do BB no encontro com Bolsonaro.

Brandão foi quem solicitou que sua posse fosse feita de forma reservada, por conta da pandemia da Covid-19. A expectativa é de que a nomeação dele seja publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira.  

O novo presidente do Banco do Brasil tem dito a interlocutores que pretende adotar um perfil discreto no comando da instituição financeira, diferente do adotado pelo seu antecessor.