domingo, 18 de abril de 2021

O Vencedor da nova geração

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Sim, a nova geração de consoles já está entre nós. Novos jogos, novos controles e novas experiências estão surgindo nessa nova etapa do mundo dos games que deve durar cerca de 8 anos, como já é costume. Mas até mesmo antes do novo Xbox e do novo Playstation serem lançados, já tínhamos pistas de quem iria disparar na frente quando o assunto é a guerra dos consoles. Por isso vamos entender rapidamente como o Xbox Series X/S está ganhando essa batalha!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

Tudo começou ainda em 2019, com a popularização de um serviço de assinatura de jogos digitais, lançado pela Microsoft, chamado de Xbox Game Pass. A ideia é simples: o cliente paga um valor fixo e tem acesso a uma biblioteca com centenas de jogos e muitas regalias em outros serviços, tudo incluso dentro desse pacote com um custo bem baixo. E essa mesma ideia chegou para computadores com Windows, com vários outros jogos e ainda mais regalias adicionais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

O projeto fez um enorme sucesso, principalmente para lugares como o Brasil, onde a maior parte do preço de UM jogo é de impostos. Por isso se mostra bem mais viável pagar pouco e ter acesso a centenas de jogos, mesmo que não sejam (sempre) os lançamentos. Mas é nesse ponto que o cenário começa a mudar e o Game Pass se torna uma arma mais poderosa nas mãos da Microsoft, com a chegada da nova geração de consoles.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 4

A Sony sempre impressiona com seus jogos exclusivos, como Horizon Zero Dawn e até God of War. A concorrente, nesse quesito, fica atrás, com um público mais nichado, porém eles têm a vantagem de terem entendido esse problema e buscado uma solução. Nos últimos anos a imprensa especializada ficou confusa com as dezenas de compras de estúdios de produção de jogos que a Microsoft participou. A empresa de Bill Gates começou a comprar qualquer estúdio que viesse no seu caminho, culminando em negociações com a Bethesda, produtora de Skyrim e Fall Out.

Agora com nomes de peso em sua lista, e a chegada do EA Play, que contém dezenas de jogos renomados da EA (como Battlefield e os jogos de Star Wars), o Xbox Game Pass estava pronto para entrar na nova geração garantindo diversão e entretenimento por semanas e de forma econômica, já que o serviço em si é barato e o Xbox Series S veio com a proposta de ser mais barato também.

Como uma resposta ao sucesso do Game Pass em todas as redes sociais e sites de conteúdo gamer, a Sony planeja trabalhar em um sistema parecido, também como uma espécie de Netflix dos jogos. Porém, nenhuma outra informação foi fornecida. E o motivo disso é bem simples: a Microsoft consegue colocar centenas de jogos no Game Pass por um preço baixo pelo fato de serem donos de muitos estúdios, então são ‘donos’ daqueles jogos em catálogo. Já a Sony preferiu focar nos exclusivos, mas deve ter se arrependido ao dizer que (durante 3 anos) todos os exclusivos Sony para o PS5, também seriam lançados no PS4, fazendo com quem ainda possúi um console da geração anterior consiga jogar os novos jogos sem comprar um novo console. É uma estratégia interessante, mas bem arriscada.

Só o futuro dirá de verdade como será o contra-ataque da Sony a essas investidas que a Microsoft tem feito nos últimos anos. Sem dúvida o Xbox (seja o Game Pass ou o Series S) tem tomado um grande espaço na esfera gamer. Agora é ver o Playstation se adaptar a esse novo tipo de consumidor e igualar essa briga!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Lucas Mertens
Lucas Mertenshttps://gazetabrasil.com.br/
"Muitas ideias às vezes morrem sem nem ver a luz do dia" - Não sei nem quem disse isso, mas é uma frase muito boa. Criado em meio a muita cultura pop, sigo tentando mostrar para o mundo que não se pode ter vergonha de mostrar a sua opinião. Quem tem projetos e ideias, deve fazer acontecer e correr atrás, pois só assim que iremos realmente avançar. Não pare nunca!
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos