CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Taxa de contágio covid-19

Segundo cálculos do Imperial College, referência em acompanhamento de epidemias, o Brasil está entre os seis países sul-americanos que iniciaram esta semana com a transmissão da covid-19 sob controle. A taxa de transmissão brasileira estimada pelo centro de acompanhamento de epidemias britânico é a menor desde o fim de abril.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A queda representa a taxa mais baixa desde abril, quando começou a ser monitorada pela Universidade. Os cientistas reforçam que os números precisam ser interpretados com cuidado, uma vez que significa que a pandemia pode estar começando a se estabilizar.

O índice agora é de 0,94, o que significa que cada 100 contaminados passam a covid-19 para outros 94, que por sua vez transmitem a doença para mais 88, reduzindo progressivamente o alcance da doença. Peru e Bolívia (ambos com 0,88), Colômbia (0,92), Equador (0,94) e Chile (0,97) também estão no grupo dos sul-americanos que veem a transmissão em desaceleração. Desses, o Chile é o que registra há mais tempo índices favoráveis: está na décima semana seguida com Rt abaixo de 1.

O Imperial College calcula a taxa de transmissão com base no número de mortes registradas, porque o dado é menos sujeito a subnotificações que o de casos reportados; como há uma defasagem entre o momento do contágio e a morte, mudanças nas políticas de combate à epidemia levam em média duas semanas para se refletirem nos cálculos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE