CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A capital colombiana, Bogotá, vai suspender a maioria das restrições implementadas para conter a propagação da Covid-19, anunciou prefeitura nesta segunda-feira (21), afirmando que um novo surto do novo coronavírus na cidade de 8 milhões de habitantes é “inevitável”. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bogotá começou as medidas de quarentena na segunda quinzena de março, antes que o país andino entrasse em um lockdown, que durou até agosto, para controlar a pandemia. Embora permaneça em vigor uma quarentena seletiva em todo o país, autoridades em Bogotá suspenderão muitas restrições a partir de terça-feira (22), incluindo regras que determinam os horários em que as pessoas podem fazer compras ou visitar bancos.

“Se mantivermos essas regras de biossegurança, podemos aproveitar essa nova normalidade com mais socialização, mais atividades e mais trabalho”, disse a prefeita de Bogotá, Claudia Lopez, em um vídeo postado no Twitter, referindo-se ao uso de máscaras faciais e distanciamento social. No entanto, um novo surto de coronavírus é “inevitável” – disse seu escritório em um comunicado – e as medidas necessárias serão tomadas quando necessárias.

A Colômbia notificou mais de 765 mil casos da Covid-19 e confirmou 24.208 mortes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE