sábado, 10 de abril de 2021

Cientistas reconhecem que escudos faciais não protegem contra covid-19

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Cientistas japoneses da Universidade da Fukuoka revelaram que os frequentemente usados escudos faciais não protegem da transmissão de COVID-19 por via aérea. Os resultados do estudo foram publicados na revista Physics of Fluids.

Os especialistas analisaram o movimento dos fluxos de ar em torno do escudo facial que surgem após o espirro de uma pessoa infectada sem máscara na proximidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

Revelou-se que o espirro e a tosse criam círculos de ar com partículas em redemoinho, os quais gradualmente se tornam instáveis, deformando-se nas três dimensões. Entretanto, atingindo as bordas superior e inferior do protetor eles penetram sob o escudo facial.

Se o período de inspiração da pessoa que estiver em frente à que espirrou coincidir com a penetração do círculo do redemoinho sob a proteção, ela vai inspirar inevitavelmente as partículas infectadas, ressaltam os cientistas.

Agora os especialistas estão desenvolvendo meios de proteção individual aprimorados, para tentar reduzir o risco de inspiração das partículas dos fluxos de ar que penetram sob o escudo facial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

(Sputnik News)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Últimos artigos