terça-feira, 20 de abril de 2021

Portuguesa morre 48hs após receber vacina da Pfizer contra Covid-19

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Portuguesa morre vacina da Pfizer

Uma  trabalhadora portuguesa da área da saúde morreu dois dias depois de receber a vacina da Pfizer contra a Covid-19. Sonia Acevedo, 41 anos, sofreu uma morte súbita em casa no dia de ano novo. A informação é do jornal português Correio da Manhã. 

Sonia, mãe de dois filhos que trabalhava no setor de pediatria no Instituto Português de Oncologia do Porto, não teria sofrido quaisquer efeitos secundários adversos após a vacinação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

“Ela estava bem. Ela não teve nenhum problema de saúde. Ela tomou a vacina da covid-19, mas não apresentou sintomas. Eu não sei o que aconteceu. Eu só quero respostas. Eu quero saber o que levou à morte da minha filha”, desabafou Abilio Acevedo, pai de Sonia ao jornal português.

Na entrevista, Abilio disse que recebeu um telefonema informando que a filha tinha sido encontrada morta por volta das 11 horas da manhã da última sexta-feira (1), após passarem a véspera de ano novo juntos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

“A minha filha saiu de casa e nunca mais a vi viva”, lamentou. A filha de Sonia, Vania Figueredo, disse que sua mãe apenas reclamou do desconforto na área onde recebeu a vacina, mas estava bem.

O hospital em que Sonia trabalhava confirmou que ela foi vacinada contra o novo coronavírus em 30 de dezembro e disseram que não foram notificados de nenhum “efeito indesejável” nas horas seguintes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 4

Em comunicado, o Instituto Português de Oncologia também afirmou: “Relativamente ao falecimento repentino de um auxiliar operacional do IPO do Porto a 1 de Janeiro de 2021, o Conselho de Administração confirma o acontecimento e expressa sincero pesar aos familiares e amigos na certeza de que esta perda também é sentida aqui”.

E acrescentou: “A explicação da causa da morte seguirá os procedimentos usuais nessas circunstâncias.”

Segundo o jornal britânico Daily Mail, espera-se que uma autópsia seja realizada até hoje (5).

Sonia trabalhou no IPO Porto, instituição de saúde de referência nacional e internacional no tratamento, investigação e educação do cancro, durante mais de 10 anos. Ela vivia com a família na Maia, perto do Porto, mas morreu na casa do seu companheiro na Trofa, ao norte da cidade. Ela mudou sua foto de perfil no Facebook logo depois de tomar a vacina, onde ela aparece com uma máscara facial e a mensagem: “Covid-19 vacinado”.

Sonia foi uma dos 538 trabalhadores do IPO do Porto que receberam a vacina Pfizer-BioNTech. O Ministério da Saúde de Portugal já foi informado sobre o ocorrido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos