A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) autorizou nesta quarta-feira (23), o aumento do número de voluntários nos estudos da vacina ‘CoronaVac’, feita pela farmacêutica da China Sinovac em parceria com o Instituto Butantã.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Antes 9.000 pessoas iriam participar dos estudos, agora serão 13.060 voluntários.

Além disso, o estudo da vacina chinesa será feito também nos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.