O Ministério Público do estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) apreendeu nesta sexta-feira (1), mais de 5 milhões de reais em dinheiro vivo na quinta fase da operação Mercadores do Caos, que prendeu o ex-secretário de Saúde do estado do Rio de Janeiro, Edmar Santos.

O montante em dinheiro foi encontrado dentro de um carro em um escritório de advocacia que seria ligado ao ex-secretário de Witzel na Barra da Tijuca, bairro da zona oeste do Rio.

Até o começo da noite, o MP-RJ já havia contabilizado cerca de R$ 5 milhões em dinheiro vivo apreendido, mas a expectativa é de que o valor seja mais alto, de, aproximadamente R$ 30 milhões. Malas apreendidas ainda estão sendo abertas.

Edmar Santos está preso desde o começo da tarde no Batalhão Especial Prisional de Niterói.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram