Uma pesquisa publicada na quarta-feira 29 pela revista científica Nature informa que algumas pessoas não infectadas pelo novo coronavírus podem ser imunes à covid-19.

O estudo encontrou, entre 68 amostras de adultos saudáveis na Alemanha que não haviam sido expostos ao coronavírus, que 35% deles possuíam células T no sangue. Elas são parte do sistema imunológico e ajudam o organismo a se defender de infecções.

“Eles provavelmente adquiriram essas células em infecções prévias de outros tipos endêmicos de coronavírus”, argumentam os autores do levantamento, fruto de uma parceria entre pesquisadores da Alemanha e do Reino Unido.

Em síntese, o efeito, na ciência, é chamado de imunidade cruzada. Portanto, quando as células desenvolvem memória a partir de outras infecções anteriores.