CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Jair Bolsonaro

O cientista político Felipe Nunes, consultado pelo jornal Folha de S. Paulo, avaliou a estratégia de comunicação do presidente Jair Bolsonaro. Segundo o professor, UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), o chefe do executivo, “parece estar falando sempre a verdade: Pode até errar, mas [parece que] não está mentindo para você”, analisou Nunes. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ainda conforme a avaliação do cientista político, Bolsonaro adota uma estratégia de comunicação que preza pela forma, mais do que o conteúdo. O professor também ressaltou a popularidade do presidente.

“Ele sempre foi a personalidade mais popular desde o início do monitoramento, em 2019. Mas sofreu reveses. A primeira vez que a base se dividiu foi quando ele tentou emplacar o filho como embaixador nos Estados Unidos. Depois, com a saída do Mandetta [ex-ministro da Saúde] e do Moro [ex-ministro da Justiça].

Assim como se equivoca, ele rapidamente muda de postura sem nenhum tipo de constrangimento. Ele faz isso porque a comunicação em rede vale como um stories [publicação no Instagram], vale 24 horas [depois sai do ar]. Pautar a discussão de 24 em 24 horas, alimentar a opinião pública de polêmica é o que faz com que o presidente mantenha a popularidade em alta.”

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE