sábado, 10 de abril de 2021

“Agradeço a sensibilidade do Governo chinês”: Bolsonaro prevê chegada de insumos para Coronavac

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

O presidente Jair Bolsonaro anunciou em seu twitter nesta segunda-feira (25) que a ditadura chinesa enviará ao Brasil 5400 litros de insumos para a produção da vacina Coronavac.

“Embaixada da China nos informou, pela manhã, que a exportação dos 5400L de insumos para a vacina Coronavac, aprovada e já estão em vias de envio ao Brasil chegando nos próximos dias. Assim também os insumos da vacina Astra-Zeneca que estão com liberação sendo acelerada”, escreveu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

Após anunciar as medidas, Bolsonaro agradeceu à ditadura comunista e aos seus ministros.

“Agradeço a sensibilidade do Governo chinês, bem como o empenho dos Ministros Ernesto Araújo, Eduardo Pazuello e Tereza Cristina”, completou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

A baixa eficácia da vacina chinesa, apenas 50,38%, constatada através de um estudo do Instituto Butantan, divulgado no dia 12 de Janeiro, foi bastante criticada pelo presidente e sua base parlamentar. A ineficácia e a origem da vacina, porém, não foram suficientes para que o governo desistisse da compra.

O número de brasileiros vacinados contra a COVID-19 já ultrapassou a marca de 500 mil na tarde deste domingo (24).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Últimos artigos