O presidente Jair Bolsonaro anunciou na manhã desta quarta-feira (18), “medidas restritivas” na fronteira do Brasil com a Venezuela para conter a expansão do coronavírus. A medida foi publicada no Diário Oficial da União de hoje.

Ontem (17), Bolsonaro afirmou que “não é um fechamento total, o tráfego de carga [entre os países] vai continuar”.

“Considerando a incapacidade do regime ditatorial venezuelano de responder à epidemia do Covid-19, o governo brasileiro adotará medidas restritivas na fronteira com a Venezuela, de modo a garantir a segurança e a saúde do nosso povo, em especial da região Norte do país”, afirmou o presidente.

E mais:

“As medidas restritivas atendem à declaração de emergência da OMS e recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, tendo prazo de 15 dias, podendo ser prorrogadas conforme recomendação técnica da Anvisa. Serviços essenciais como transporte de cargas estão mantidos”.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram