Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro convocou todos os seus ministros para uma reunião extraordinária nesta quarta-feira, no Palácio do Planalto, informa a Crusoé. O encontro começou por volta das 16h30.

Os assuntos, de acordo com a CNN, foram uma forma de reagir ao STF, após os mandados de busca e apreensão feitas pela PF, no inquérito ilegal das Fake News, instaurado por Dias Toffoli e relatada por Alexandre de Moraes, desta quarta-feira (27).

Uma das medidas cogitadas é não deixar o ministro da Educação, Abraham Weintraub, depor à PF para explicar sua declaração sobre a prisão de ministros do Supremo.

A outra seria renomear Alexandre Ramagem como diretor-geral da PF. 

Siga a Gazeta Brasil no Instagram