O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, deixa o Palácio da Alvorada, em meio ao surto da doença por coronavírus (COVID-19), em Brasília, Brasil, em 20 de abril de 2020. REUTERS / Ueslei Marcelino

O presidente Jair Bolsonaro pediu para auxiliares organizarem para a próxima semana uma reunião com juristas críticos ao Supremo Tribunal Federal (STF), informa a Crusoé.

Entre os participantes devem estar o ministro e ex-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Ives Gandra Martins Filho, o jurista Modesto Carvalhosa e o procurador de Justiça de Santa Catarina, Gilberto Callado de Oliveira.

Na reunião ministerial da última quarta (27), Bolsonaro chegou a citar publicações de Gandra e Carvalhosa aos ministros.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram