Foto: TV Brasil

O presidente Jair Bolsonaro disse, durante discurso na Cúpula do Mercosul nesta quinta-feira (02), estar “na expectativa de que a Venezuela retome o quanto antes o caminho da liberdade”.

Bolsonaro reiterou o discurso de seu chanceler, Ernesto Araújo, de que a prioridade do Brasil no grupo é a democracia e a Venezuela “representa o principal desafio para a região nessa dimensão”. A declaração do ministro do Itamaraty foi ontem (01), em discurso na abertura do evento.

O presidente também lamentou que Janine Añes, presidente da Bolívia, não tenha participado do evento, “contrariamente à vontade do Brasil”.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram