Foto: Divulgação

Em entrevista exibida na noite desta sexta-feira, 20, ao Programa do Ratinho, do SBT, o presidente Jair Bolsonaro comentou sobre o desentendimento com os governadores de SãoPaulo João Doria e do Rio de Janeiro Wilson Witzel.

Bolsonaro afirmou que o primeiro se elegeu usando o nome dele e o segundo “colou” no seu filho durante a campanha. Ele afirmou que ambos viraram seus “inimigos” por estarem de olho na Presidência. “Uma dica pra quem quer ser reeleito: não fique obcecado esperando eleição.” Segundo ele, não é “atacando os outros” que se consegue votos.

Sobre o combate à corrupção, o Bolsonaro disse ao apresentador Carlos Massa que “diminuiu o grosso” da corrupção.

Bolsonaro comentou também os panelaços realizados nesta semana. “Eu nunca vi panelaço a favor de alguém, só contra, quem inventou eu não sei”, afirmou. O presidente, no entanto, durante anúncio de medidas contra o coronavírus citou que seria feito um protesto com panelas, na mesma noite, mas a favor dele. Presidente da República disse que os panelaços a favor foram muito maiores do que os contrários a ele.

 

Siga a Gazeta Brasil no Instagram