CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Lava Jato denuncia Vital do Rêgo do TCU

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo foi denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro pela força-tarefa da Operação Lava Jato por recebimento de propina enquanto era senador e presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ele também teve R$ 4 milhões em bens bloqueados em uma nova fase da operação, deflagrada na manhã desta terça-feira (25).

Os investigadores investigam recebimento de 4 milhões de reais pagos por Léo Pinheiro, então presidente da OAS. Segundo o MPF, o pagamento seria uma contrapartida à atuação do então senador para que os executivos da OAS não fossem convocados para depor nas comissões parlamentares de inquérito da Petrobras.

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, já tinha delatado Rêgo e mais 2 ministros do Tribunal de Contas da União (TCU): “Eles teriam recebido valores mensais, por meio de um contrato simulado entre a Fecomércio e um escritório de advocacia. Cada um dos ministros teria recebido 100 mil reais mensais por um período de mais de um ano, segundo a delação do ex-governador. Ele também afirma que outros 100 mil reais ficavam com o advogado Marcelo Nobre”.

Saiba quem são os ministros do TCU delatados por Cabral:

  • Vital do Rêgo:
FOTO: Pedro França/Agência Senado
  • Bruno Dantas:
Foto: Divulgação
  • Raimundo Carreiro:
Foto: Divulgação
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE