O juiz Marcelo Bretas, responsável pela primeira instância da Lava-Jato no Rio, desmentiu uma reportagem publicada pelo colunista do jornal O Globo. O juiz compartilhou uma nota do jornalista, em que diz que a “ala bolsonarista quer Bretas candidato pelo partido de Edir Macedo”.

A matéria de Lauro Jardim relatou uma suposta uma “articulação” para que o Bretas concorra à Prefeitura da capital fluminense neste ano pelo Republicanos, partido do bispo Edir Macedo e do atual prefeito da cidade, Marcelo Crivella.

Em sua conta no Twitter, Bretas disse que não será candidato “a nenhum cargo político”.

“A informação é falsa e difamatória. Jamais participei de conversas como indicado no texto e, pela “enésima vez”, NÃO SEREI CANDIDATO A NENHUM CARGO POLÍTICO”, escreveu o encarregado da Lava- Jato no Rio de Janeiro.

 

Siga a Gazeta Brasil no Instagram