Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Pantanal
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Meio Ambiente

Pantanal poderá ter crise hídrica histórica em 2024, aponta estudo

O Pantanal enfrenta o período mais seco das últimas quatro décadas, e um estudo inédito lançado nesta quarta-feira (03) indica que 2024 poderá testemunhar a pior crise hídrica já registrada no bioma. Conhecido por ser uma das áreas úmidas mais biodiversas e preservadas do mundo, o Pantanal viu, nos primeiros quatro meses deste ano, uma média de área coberta por água inferior até mesmo aos períodos de seca do ano passado.

Encomendado pelo WWF-Brasil e conduzido pela empresa especializada ArcPlan, com financiamento do WWF-Japão, o estudo utilizou dados do satélite Planet, conhecido por sua alta sensibilidade, para mapear as áreas alagadas durante os períodos de cheia dos rios. Segundo Helga Correa, especialista em conservação do WWF-Brasil e uma das autoras do estudo, as análises revelaram que o pulso de cheias não ocorreu em 2024, mesmo nos meses esperados para esse fenômeno crucial à ecologia do Pantanal.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A medição do nível do Rio Paraguai, crucial para avaliar as condições hídricas, mostrou que nos cinco primeiros meses de 2024 o nível médio do rio não ultrapassou 1 metro, uma redução de 68% em relação à média histórica para o período. A preocupação agora é que o Pantanal continue a enfrentar secas severas até outubro, aumentando a urgência de medidas de prevenção e adaptação à seca, além do risco crescente de grandes incêndios.

A estação chuvosa na Bacia do Alto Rio Paraguai, onde está localizado o Pantanal, ocorre entre outubro e abril, seguida pela estação seca entre maio e setembro. O estudo indica que entre janeiro e abril de 2024, a média da área coberta por água foi de 400 mil hectares, abaixo dos 440 mil hectares registrados na estação seca de 2023.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Os resultados do estudo alertam para uma realidade preocupante: o Pantanal está enfrentando um período cada vez mais severo de seca, o que o torna mais vulnerável, aumentando as ameaças à sua biodiversidade, recursos naturais e à comunidade local. A sequência de anos com baixos índices de cheias e secas extremas pode alterar permanentemente o ecossistema do Pantanal, com consequências severas para sua rica fauna e flora, além de impactos significativos na economia regional, que depende da navegabilidade dos rios e da diversidade da fauna.

Além dos eventos climáticos que exacerbam a seca, a redução da disponibilidade de água no Pantanal está relacionada a atividades humanas, como a construção de barragens, estradas, desmatamento e queimadas, conforme explicado por Helga.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Especialistas alertam que o acumulo desses fatores degradação, agravados pelas mudanças climáticas, pode levar o Pantanal a um ponto de não retorno, onde sua capacidade de recuperação natural será severamente comprometida após um certo percentual de destruição.

Outra preocupação significativa é o impacto das secas extremas e das queimadas associadas na qualidade da água, devido à entrada de cinzas nos corpos hídricos, causando mortalidade de peixes e reduzindo o acesso à água para as comunidades. “É essencial agir imediatamente e identificar as populações tradicionais e pequenas comunidades que estão vulneráveis à seca e à degradação da qualidade da água”, ressalta Helga.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A nota técnica do estudo apresenta uma série de recomendações, incluindo o mapeamento das principais ameaças aos corpos hídricos do Pantanal, especialmente nas regiões de cabeceiras; fortalecimento e expansão das políticas públicas para conter o desmatamento; restauração de áreas de Proteção Permanente (APPs) nas cabeceiras para melhorar a infiltração da água e reduzir a erosão do solo e o assoreamento dos rios, aumentando assim a qualidade e a quantidade de água tanto nas áreas altas quanto nas planícies; e apoio à valorização das comunidades locais, proprietários e setores produtivos que adotam práticas sustentáveis.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

'Temer e Bolsonaro fizeram no Brasil o que Netanyahu está fazendo na Faixa de Gaza', afirma Lula

Política

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) comparou os feitos dos governos do Brasil pós-impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) como “o que o...

Política

Durante discurso, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta terça-feira (23) que “tudo no mundo é uma decisão política” e citou,...

calor no brasil calor no brasil

Mundo

No último domingo (21), o mundo registrou o dia mais quente já documentado, de acordo com o observatório europeu Copernicus. A temperatura média global...

Ministério da Saúde Oropouche Acre Ministério da Saúde Oropouche Acre

Saúde

O Ministério da Saúde está apurando três mortes suspeitas de febre oropouche no Brasil: uma em Santa Catarina (SC) e duas na Bahia (BA)....

Alesp privatização Sabesp Alesp privatização Sabesp

Economia

O Governo de São Paulo concluiu, nesta terça-feira (23), o processo de privatização da Sabesp com uma cerimônia na B3. Este desfecho segue um...

Biden Biden

Mundo

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, anunciou na tarde desta terça-feira (23) fará um pronunciamento sobre sua decisão de abandonar a corrida...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

Um homem de 31 anos foi resgatado em estado crítico na manhã desta terça-feira após pular do terceiro andar de um prédio na Ponta...

São Paulo

Dois policiais militares das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) foram formalmente acusados de homicídio no âmbito da Operação Escudo, realizada em julho do...

São Paulo São Paulo

São Paulo

Um levantamento realizado pela TV Globo com base em dados da Secretaria da Segurança Pública (SSP) revelou que a Grande São Paulo teve pelo...

nubank nubank

Ciência e Tecnologia

Nesta terça-feira (23), a Polícia Civil deflagrou uma operação em Patos, no Sertão da Paraíba, com o objetivo de desmantelar uma organização criminosa especializada...

Olimpíada de 2016 Olimpíada de 2016

Esportes

Oito anos após a realização dos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro, um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) revela que a...

Brasil

A Associação Orff-Schulwerk Argentina (AAOrff) saiu em defesa da professora de música que foi filmada imitando macacos no centro do Rio de Janeiro, no...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit