Acidente com avião na Índia deixa 16 mortos e 100 feridos

303

Um avião da Air India Express, com 191 passageiros a bordo ultrapassou a pista ao aterrissar no aeroporto internacional  no estado de Kerala, no sul da Índia nesta sexta-feira (7). A aeronave, estava a caminho de Dubai, derrapou na pista no aeroporto de Calicut após o pouso, segundo relatos.

Ainda não está claro se há vítimas, imagens nas redes sociais, mostram que  avião partiu ao meio no momento do pouso.

De acordo com informações preliminares, há pelo menos 16 mortos, entre eles os dois pilotos — além de quatro pessoas presas nas ferragens. Mais de 100 pessoas foram levadas ao hospital.

Havia 174 passageiros, 10 crianças, dois pilotos e cinco tripulantes a bordo da aeronave. O vôo fez parte do programa Vande Bharat, que trouxe indianos do exterior em meio à pandemia de coronavírus.

Todos a bordo foram retirados e os feridos levados para o hospital, disseram as autoridades.

De acordo com fontes do aeroporto, o vôo derrapou na pista de mesa encharcada de chuva enquanto aterrissava por volta das 19h45 e caiu em uma vala com mais de 25 pés de profundidade. A fuselagem se dividiu em duas.

Os primeiros relatórios disseram que o capitão do vôo e vários outros passageiros ficaram gravemente feridos. Relatos não confirmados disseram que o capitão e outros dois estavam mortos. Foi o primeiro desastre em Karipur desde que o aeroporto foi criado em 1988. 

O vôo fez parte do programa Vande Bharat, que trouxe indianos do exterior em meio à pandemia de coronavírus.

Todos a bordo foram retirados e os feridos levados para o hospital, disseram as autoridades.

O ministro-chefe de Kerala, Pinarayi Vijayan se pronunciou no Twitter:

“Instruímos a Polícia e a Força de Bombeiros a tomar medidas urgentes após o acidente de avião no aeroporto Kozhikode International (CCJ) em Karipur. Também orientaram os funcionários a tomar as providências necessárias para resgate e apoio médico.”

O ministro de Relações Exteriores Subrahmanyam Jaishankar também se manifestou. “Profundamente angustiado ao ouvir sobre a tragédia do Air India Express em Kozhikode. As orações estão com as famílias enlutadas e os feridos. Estamos verificando mais detalhes”, disse. 

O premiê Narendra Modi expressou sua tristeza pelo acidente no Twitter. “Meus pensamentos estão com aqueles que perderam seus entes queridos. Que os feridos se recuperem o mais cedo possível. Falei com Kerala CM @vijayanpinarayi sobre a situação. As autoridades estão no local, prestando toda a assistência aos afetados”, disse.