Foto: Marcarian/Reuters

Ouça essa matéria na integra

Alberto Fernández, que foi eleito presidente da Argentina no fim de outubro, tomou posse formalmente nesta terça-feira (10) em Buenos Aires. Além dele, Cristina Kirchner assumiu seu novo cargo como vice-presidente –foi ela que escolheu Fernández como cabeça de chapa para concorrer nas eleições deste ano.

A cerimônia começou quando Fernández recebeu uma escolta em sua casa, no bairro de Puerto Madero e dirigiu seu próprio carro até o Congresso.

No prédio do Congresso, a primeira a falar foi a vice-presidente do governo de partida, Gabriela Michetti. O novo presidente da Câmara, Sergio Massa, içou uma bandeira argentina e os nomes dos deputados e senadores foram anunciados.

Fernández e Cristina Kirchner assinaram um livro de honra e vão para a Câmara dos Deputados para serem juramentados por Michetti.

Ele prestou juramento, no qual disse que vai observar a Constituição do país. Foi seguido por Cristina, que também pronunciou as palavras sobre suas obrigações.

Quando Mauricio Macri entrou no Congresso, parte dos presentes no Congresso começaram a cantar a marcha peronista (movimento politico ao qual a chapa vencedora pertence).

Fernández então recebeu a faixa e o bastão presidenciais de Macri.

Por G1