quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Bolívia elege o primeiro presidente após a renúncia de Evo Morales

A votação foi aberta às 8h da manhã de domingo (18) na Bolívia para arrecadar o voto de mais de 7 milhões de pessoas “nas eleições mais complexas” da história democrática do país, disse o presidente do Tribunal Eleitoral Salvador Romero no início do dia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A eleição acontece  quase um ano após protestos questionarem o resultado e as Forças Armadas exigirem a renúncia do ex-presidente Evo Morales.

Morales renunciou no dia 10 de novembro em meio a uma grande mobilização social que se somou ao motim de grande parte dos policiais bolivianos e ao pedido de renúncia feito pelas Forças Armadas.

Os candidatos na Bolívia

Luis Arce, pelo Movimento ao Socialismo (MAS); Carlos Mesa, da Comunidade Cidadã (CC); Luis Fernando Camacho, por We Believe; Chi Hyun Chung, para Frente pela Vitória; e Feliciano Mamani, pelo Pan-Bol.

Os três concorrentes que lideram as pesquisas:

  • Luis Arce é o candidato do MAS, o partido de Evo Morales. Ele foi ministro da economia de Evo –nesse cargo, ele foi responsável por estatização de empresas. Durante a campanha, ele buscou se distanciar dos aspectos mais polêmicos dos anos de Evo –ele afirmou, por exemplo, que não vai interferir em investigações contra ex-ministros do MAS.
  • Carlos Mesa já foi presidente da Bolívia entre 2003 e 2005. Ele concorreu contra Evo nas eleições de 2019 e ficou em segundo. É considerado um centrista.
  • Luis Fernando Camacho é um líder da direita que liderou protestos contra Evo. Ele é de Santa Cruz, o estado mais populoso.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.

Últimos artigos

Após ataque, Salles chama Maia de “Nhonho” no Twitter

Após ser atacado por Rodrigo Maia, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, chamou o presidente da Câmara dos Deputados de "Nhonho" no Twitter...

Youtubers bolsonaristas defendem voto em Russomanno e criticam Joice e Covas

Fernando Lisboa e Enzo Leonardo Suzi,  youtubers bolsonaristas defendem em seus canais o voto no candidato a prefeito Celso Russomanno, do Republicanos. O apoio...

Fachin: revista íntima é ilegal e desumana e deve ser proibida

Nesta quarta-feira (28), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin votou  para considerar ilegal as revistas íntimas realizadas nos presídios para evitar...

Bolsonaro sanciona lei de incentivos fiscais para montadoras de veículos

Nesta quarta-feira (28), o presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que prorroga os incentivos fiscais para montadoras de veículos ou fabricantes de autopeças instalados...

Cinco agentes chineses são detidos nos EUA por perseguirem oponentes de Pequim

AFP - O Departamento de Justiça dos Estados Unidos acusou oito pessoas que trabalham para o governo chinês de pressionar um homem que vive no...